quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Estrada da Noite, A - Joe Hill


Sinopse Oficial


Uma lenda do rock pesado, o cinqüentão Judas Coyne coleciona objetos macabros: um livro de receitas para canibais, uma confissão de uma bruxa de 300 anos atrás, um laço usado num enforcamento, uma fita com cenas reais de assassinato. Por isso, quando fica sabendo de um estranho leilão na internet, ele não pensa duas vezes antes de fazer uma oferta.
"Vou ´vender´ o fantasma do meu padrasto pelo lance mais alto..."
Por 1.000 dólares, o roqueiro se torna o feliz proprietário do paletó de um morto, supostamente assombrado pelo espírito do antigo dono. Sempre às voltas com seus próprios fantasmas - o pai violento, as mulheres que usou e descartou, os colegas de banda que traiu -, Jude não tem medo de encarar mais um.
Mas tudo muda quando o paletó finalmente é entregue na sua casa, numa caixa preta em forma de coração. Desta vez, não se trata de uma curiosidade inofensiva nem de um fantasma imaginário. Sua presença é real e ameaçadora.
O espírito parece estar em todos os lugares, à espreita, balançando na mão cadavérica uma lâmina reluzente - verdadeira sentença de morte. O roqueiro logo descobre que o fantasma não entrou na sua vida por acaso e só sairá dela depois de se vingar. O morto é Craddock McDermott, o padrasto de uma fã que cometeu suicídio depois de ser abandonada por Jude.
Numa corrida desesperada para salvar sua vida, Jude faz as malas e cai na estrada com sua jovem namorada gótica. Durante a perseguição implacável do fantasma, o astro do rock é obrigado a enfrentar seu passado em busca de uma saída para o futuro. As verdadeiras motivações de vivos e mortos vão se revelando pouco a pouco em A estrada da noite - e nada é exatamente o que parece.
Ancorando o sobrenatural na realidade psicológica de personagens complexos e verossímeis, Joe Hill consegue um feito raro: em seu romance de estréia, já é considerado um novo mestre do suspense e do terror.

---

''Era ela. Imagens passaram pela cabeça de Jude, uma série de nítidos instantâneos. Ela no banco de trás do Mustang, nua sobre o couro branco, só de botas e um chapéu de cowboi com uma pena, espreitando-o por baixo da aba, os olhos brilhando de malícia.'' pág. 154

---

Bom, o que falar de Joe Hill? Filho de Stephen King, um dos maiores escritores de Terror da literatura. Joe Hill lançou seu livro tentando se fixar como grande promessa da escrita de terror, vindo de quem veio, esperei demais do livro. 
Jude é uma cantor de rock meio aposentado e vive com sua namorada Maribeth (ou Geógia), uma garota que conheceu em uma boate de strip-tease. A vida de Jude muda completamente quando ele resolve comprar uma Paletó assombrado. E o paletó é realmente assombrado. Craddock é o fantasma que vai tentar de todas as maneiras matar Jude e quem estiver o ajudando. Jude descobre que Craddock era padastro de Anna, uma antiga namorada a qual Jude mandou embora por não aguentar os problemas emocionais da garota. Anna se suicidou e agora Craddock vai assombrar Jude em forma de vingança, por achar que a culpa é de Jude. Mas nada é o que parece.
Jude e Geórgia então partem para uma jornada que os levará a Estrada da Noite, e com muitas revelações durante o caminho.
Gostei do livro, apenas gostei. A história é interessante até certo ponto. 
O livro possui poucos personagens, mas todos com uma personalidade bem definida e fazem do livro um pouco complexo para quem está começando a ler. Os diálogos são meio confusos e as loucuras dos personagens me fizeram voltar um pouco para entender melhor. Como sempre digo, odeio livros descritivos além do suficiente e mais uma vez, pulei cerca de 20% do livro com essas descrições que não levam a nada. Agora algo que não me convenceu foi a história dos cachorros com almas negras que lutam contra o fantasma. É meio estranho e não me cativou. 
Entretanto, o que gostei no livro, é como a história vai se desenrolando e as coisas são colocadas na hora certa. As reviravoltas são emocionantes e isso o faz querer saber o que está por vir, então é um livro que realmente prende o leitor. A leitura é um pouco lenta, com passagens inúteis, mas vale a pena. O terror que realmente faltou, mas creio que outros livros podem ser melhores. Não me apaixonei pelo livro nem pelo autor, mas vou ler outros títulos do Joe Hill mesmo assim. 
O final é bem legal e surpreendente, e eu realmente gostei de Jude e Geórgia. Me apaixonei pelos dois e realmente os personagens vão ficar na memória. Outra coisa que gostei foi a menção de vários astros do rock no livro, até ColdPlay entrou no meio com Yellow. Por isso, a nota dada é bem expressiva.

Consideração Final:

A narrativa é em terceira pessoa e possui poucos personagens, mas todos bem definidos em suas personalidades. Demorei um pouco pra terminar pois fui intercalando com outros livros, mas depois do meio não parei mais a leitura, indo até o fim em 1 dia. Como disse algumas coisas não me convenceram, mas a leitura foi válida e os personagens são bons. A história é boa, corrida, e com bastante descrição dos estados emocionais dos personagens,  que no caso eu pulo tudo. Faltou terror, sem mais.
  
Outras informações:


HILL, Joe. A estrada da noite. Editora: Arqueiro, 2007. Título original:  Heart-Shaped Box  254 páginas.

NOTA GERAL: 7,5
CAPA: 8,0
EVOLUÇÃO: 8,0
NARRAÇÃO: 8,0


Reações:

17 comentários:

  1. Uau!
    Se só a capa me dá arrepios, imagino o livro em si... Rsrs
    Ótima resenha!

    Abraço,
    Vinícius - Livros e Rabiscos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Vinicius, te espero sempre por aqui :D

      Excluir
  2. Gostei bastante da história. Virei fã de Joe Hill. Li "O Pacto" também e gostei bastante. Show de bola. Vale a pena.

    http://www.fanaticreader.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OO felipão, valew pela participação :D

      Excluir
    2. Também virei fã! Estou lendo "O Pacto" agora e espero que ele publique outros em breve!

      Excluir
  3. Uau, gostei dessa capa :)

    Não conhecia o livro, realmente, mas a história parece ser bem legal, apesar de não ser meu gênero de leitura favorito não costumo declinar nada.

    Beijos
    http://secretsentreamigas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Guilherme!!

    Sério que faltou terror??! O.O Eu tinha esse livro e passei ele a frente sem ler porque fquei cheia de medo... huiahuia Sou bem medrosa, percebes né... rsrs Mas a estória não deixa de ser interessante!

    Beijos,

    Marcelle

    ResponderExcluir
  5. Amei a capa.
    Confesso que não conhecia o livro. Hoje em dia saem tantos livros toda semana que fica difícil acompanhar tudo rs
    Mas achei bem interessante. Com certeza irei lê-lo.

    Estou com pena de sair do seu blog, toda hora que tento fechar a página fico olhando para a foto da Katniss *-* hahaha

    Beijinhos
    fulanaleitora.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Ola!
    Gostei muito do blog!
    Obrigada pelo convite!
    Selene Blanchard
    Bacio,Moda & eu

    ResponderExcluir
  7. O livro é muito bom. Mas achei o final um pouco fraco. Eu recomendo! Gostei do Blog. ;D

    ResponderExcluir
  8. Gostei da sua resenha, mas provavelmente eu não vou lê-lo, pelo menos por agora.
    Abraços,
    Amanda Almeida

    ResponderExcluir
  9. Ótima resenha, Gui!
    Não conhecia este livro, mas apesar dos pesares fiquei curiosa... parece uma história interessante, ainda mais se tem menções a astros do rock! *-* Muita descrição é meio chato mesmo, mas se a história no geral é boa, compensa...
    Bjus!
    Paty Algayer - http://www.magicaliteraria.com/

    ResponderExcluir
  10. Como assim? Filho de Stephen King? o.o Quase tive um colapso agora! rsrs. NECESSITO ler esse livro, apesar de suas críticas a uma série de fatores que comprometeram a qualidade do livro.
    :)
    Você realmente escreve muito bem Guilherme, sabe se expressar de maneira muito clara! Parabéns viu?

    Até mais!

    http://gihfigueiredo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Gostei muito desse livro, com certeza é um discípulo de Stephen King.
    Mil bjs

    ResponderExcluir
  12. Gostei do livro por ter uma pitada de rock (QUE EU AMO. A capa é linda e o nome muito atrativo. Vou pesquisar mais na blogsfera por esse livro. Bjs!!!

    http://peregrinodanoite.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Eu simplesmente amei esse livro, e virei fã de Joe Hill! Eu achei algumas passagens bem assustadoras, e gosto de descrições que servem pra gente mergulhar nos personagens e na história. Quando são bem feitas, é claro, como é o caso desse livro. E gostei de como a história é escrita, como a gente às vezes começa a entrar sem aviso num sonho ou devaneio de Jude, porque assim se pode ter uma noção da maneira confusa como ele estava vivenciando a experiência. Não achei a leitura difícil nem enfadonha, pra mim foi nota 10! A propósito, estou trocando no Skoob: http://www.skoob.com.br/usuario/543445/
    Abraços pra ti e para os teus leitores!

    ResponderExcluir

Pessoal, vou respondendo os comentários no próprio blog de quem o deixou, ou pelo Twitter, podem ter certeza que vou respondendo assim que puder. Grande abraço e obrigado pela participação :D