quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Feios - Scott Westerfeld



Sinopse

Tally está prestes a completar 16 anos, e ela mal pode esperar. Não por sua carteira de motorista – mas para se tornar bonita. No mundo de Tally, seu aniversário de 16 anos traz uma operação que torna você de uma horripilante pessoa feia para uma maravilhosa pessoa linda e te leva para um paraíso de alta tecnologia onde seu único trabalho é se divertir muito. Em apenas algumas semanas Tally estará lá. Mas a nova amiga de Tally, Shay, não tem certeza se ela quer ser bonita. Ela prefere arriscar sua vida do lado de fora. Quando ela foge, Tally aprende sobre um lado totalmente novo do mundo dos bonitos – que não é tão bonito assim. As autoridades oferecem a Tally sua pior escolha: encontrar sua amiga e a entregar, ou nunca se transformar em uma pessoa bonita. A escolha de Tally faz sua vida mudar pra sempre.


-

"Pendurada por baixo da corda, com as mãos e pés agarrados a nós, Tally foi se arrastando até a estrutura sombria da ponte. Então subiu no esqueleto metálico e completou a travessia até Nova Perfeição." Pág. 10


" Tally se perguntou até onde iria. Acelerou a prancha, satisfeita por ter descoberto a resposta. Se todas as charadas de Shay fossem tão fáceis de adivinhar, a viagem seria uma moleza." Pág. 145


-


O que você daria em troca de uma aparência perfeita? Tally Youngblood seria capaz de muita coisa para isso. Ela, considerada uma Feia (as pessoas "feias", no livro, na verdade são pessoas comuns) vive em Vila feia, onde aguarda ansiosamente seua 16 anos chegarem para, finalmente, ir até Nova Perfeição fazer a cirurgia que a tornará uma Perfeita (sem qualquer marca de expressão e com um corpo, pele, olhos e cabelos perfeitos, do jeito que sempre imaginou). Essa realidade chega sempre a todos os adolescentes de 16 anos, que trocam a vida em Vila Feia por uma outra recheada de festas, eventos e claro, pessoas lindas.

Tally finalmente está pronta para encarar sua "nova vida" quando surge em sua vida Shay, uma Feia com pensamentos bem diferentes de toda a população. Para ela, ser Feio não significa não ser bonito, e sim ser diferente, ter suas particularidades e personalidade distinta de qualquer outra pessoa. E, defendendo essa ideia, apresenta a Tally (que torna-se sua melhor amiga) a ideia de fugirem para um local conhecido como Fumaça, onde vários feios vivem refugiados e acreditem...felizes consigo mesmos.

Num primeiro momento, Tally não aceita a proposta e, quando seu grande dia chega (seu aniversário de 16 anos) ela é levada para realizar seu grande sonho: tornar-se perfeita e linda. Mas acaba tomando um banho de água fria ao deparar-se com a agente especial Drª Cable, uma das líderes da Circunstâncias Espciais (um local onde são estudadas causas especiais e onde existem agentes que cuidam da ordem de Nova Perfeição, e trabalham para que nada saia do controle) e, pra piorar a situação, ela ainda é chantagiada: é obrigada a procurar amiga fugitiva e denunciar o cativeiro dos moradores da Fumaça à Ciscunstâncias Especiais; caso contrário, continuará feia para sempre.

E assim Tally começa sua jornada, portando apenas um bilhete misterioso de Shay, uma mochila e sua inseparável prancha voadora, rumo a um local que ela sequer sabe que existe.

E agora, o que será de Tally? Será que nossa heroína trairá sua melhor amiga e colocará em risco todos os que vivem na Fumaça? Ou será que ela desistirá de seu grande sonho em prol da amizade?


Em meio a muita ação e (porque não?) uma pitada de romance, "Feios" veio para mostrar que no meio de um governo que preza por uma população perfeita (e igual), podem haver "feios" diferenciados e ousados, que são capazes de lutar por um ideal...mesmo que, para isso, custe sua aparência (e será que ela realmente importa tanto assim?). 


Considerações Finais



Esta é uma distopia de pesos, queridos à toas! Para quem gosta do gênero, essa é um prato cheio! Deixo claro que aqui não cabem comparações com nossa querida distopia-trilogia favorita, que é "Jogos Vorazes" (creio que para a maioria, pelo menos) mesmo porque, mesmo com a protagonista ser uma garota corajosa e existirem divisões entre os "setores" onde vivem os habitantes, a proposta das duas são diferentes e até mesmo o estilo de escrita de cada autora é bem particular. 

Gostei muito deste livro, os diálogos são sempre bem amarrados e com falas de entendimento rápido, porém nada "bobo demais" ou simples. 

Destaque para a capa do livro, bem diferente das capas as quais estou acostumada, gostei!

Também achei legal o fato de os capítulos serem pequenos, assim a leitura, em meu conceito, fica mais fluída e ágil.

Para quem pensou que este seria um livro com um romance que ultrapassava a ideia "distópica" da obra.... bom, digo que terá que ler para descobrir, e eu garanto: quer ler o primeiro capítulo, já não vai parar mais!

Leitura maaaais do q recomendada ^^



Outras Informações


Coleção "Feios"


1- Feios;
2- Perfeitos;
3- Especiais;
4- Extras.


WESTERFELD, Scott, Feios. Galera Record, 2005. 417 p.








                                                        CAPA: 4 de 5
EVOLUÇÃO: 4 de 5
NARRAÇÃO: 5 de 5



Reações:

4 comentários:

  1. Oi flor!!
    Ok... me dê o endereço! Preciso ir urgentemente para Nova Perfeição! Só tem um problema... tenho mais de 16, será que eles me aceitariam??
    Adoro distopias!!! Tentei comprar esta série um monte de vezes ano passado (lembra?). Vou confessar: não gostei das capas!! Mas eu também não tinha gostado das capas de VA... então, capas não são tão importantes assim... Resenhas são! Adorei a resenha, flor. Arrasou como sempre! Agora vc criou um probleminha para mim: EU QUEEEEEEERO os livros!!!!
    bjs!

    ResponderExcluir
  2. Eu gosto desta série, que aliás me falta ler apenas Extras.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  3. olha, confesso que mesmo gostando de distopias essa série não me atraiu em nada. Nem foi só pela capa e os títulos, mas a história realmente não me desceu. :(

    ResponderExcluir
  4. Adoro distopias e tenho muita vontade de ler esta também, a proposta do enredo é bem diferente e me deixou curiosa. Gostei da resenha, parece ser uma leitura que vale a pena mesmo!
    A capa é bem simples, mas achei muito bonita. Fiquei com vontade de ler essa série também. :)

    ResponderExcluir

Pessoal, vou respondendo os comentários no próprio blog de quem o deixou, ou pelo Twitter, podem ter certeza que vou respondendo assim que puder. Grande abraço e obrigado pela participação :D