domingo, 30 de dezembro de 2012

Sugestão da Semana #29- Vinicius de Moraes

Muito bom domingo, queridos à toas! Como vão neste doooooce domingão, o último de 2012, eeeeeeeeeeeeeeee! Muita gente viajando, curindo pra caramba, hein...e eu e o Gui, claro, tbm estamos aproveitando os dias de folga, afinal somos filhos de Deeeeeus, hehe

Bom, vamos falar de poesia hoje? Mais precisamente, vamos falar de um poeta brazuca?
Pessoinhas, na verdade são tantos os nomes q gostaria de listar, q este post seria o mais extenso de toda a história do blog, hahaha.... então, vou falar de 1 poeta em especial, o qual gosto muito, ok? E, se gostarem da matéria, por favor contem pra gente, assim podemos fazer mais vezes posts como este aqui, combinado? ;) Vamos lá:



Aaaaah à toas, este é o romântico incorrigível, a alma gêmea q todas nós gostaríamos de ter, o amante ideal (mesmo que apenas por palavras, hahaha).... queeeeeem nunca se derretou ao ler "Soneto de Fidelidade" ou suspirou ao ouvir "Eu sei que vou te amar"? Pois é, Vinicius de Moraes, carioca nascido na capital mesmo, e falecido em 1980, conquistou multidões graças ao seu talento, flexibilidade e romantismo sem igual. Foi dramaturgo, poeta, jornalista, dipomata e compositor (quer mais? rs). Foi apelidado carinhosamente de "poetinha" por seu fiel parceiro de composições, Tom Jobim e teve inúmeros parceiros compositores ao longo de sua carreira, como Chico Buarque (tá bom ou quer mais? Hahaha)

Sua obra perdura até os dias atuais, e é altamente recomendada a quem não despreza uma boa escrita, uma bela música e, claro, pra quem está perdidamente apaixonaaaaaado (Oh Deus, hahaha).

E claro, não poderia deixar de postar um LINDO soneto feito por ele, nosso eterno romântico. Segurem os lencinhos pessoas, pois ele sabe nos deixar à beira das lágrimas, haha:

-

Soneto do amor total

Rio de Janeiro

Amo-te tanto, meu amor... não cante
O humano coração com mais verdade...
Amo-te como amigo e como amante
Numa sempre diversa realidade

Amo-te afim, de um calmo amor prestante,
E te amo além, presente na saudade.
Amo-te, enfim, com grande liberdade
Dentro da eternidade e a cada instante.

Amo-te como um bicho, simplesmente,
De um amor sem mistério e sem virtude
Com um desejo maciço e permanente.

E de te amar assim muito e amiúde,
É que um dia em teu corpo de repente
Hei de morrer de amar mais do que pude.

-

Ai, ai, o que dizer depois disso? Pra conferir mais do trabalho e da arte dessa preciosidade, por favor, só acessar o site oficial do nosso poeta:

Site Oficial Vinicius de Moraes

E enquanto eu continuo suspirando aqui, me despeço de vcs, meus românticos favoritos! Hahaha...

Aproveitem bem esse domingão, meus amores, bjão bem carinhoso a cada um de vcs e claaaaro....nos vemos no próximo post! =)






Reações:

11 comentários:

  1. Ah, Vinicius de Moraes é um poeta e tanto! Amo os poemas dele.
    Nunca tinha lido esse poema, mas o meu preferido dele é "Pela luz dos olhos teus". Muito lindo!
    Beijos,

    Letícia
    www.odomdaescrita.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Letícia,

      vc mandou super bem na escolha do seu poema preferido! Adooooro esse tbm....não é á toa q virou uma música, né?

      hehe...bjao!

      Excluir
  2. Gostei da sugestão da semana, mandou bem!!!

    Beijinhos de um novo ano repleto de realizações para vc!!
    http://marlicarmenescritora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marli,

      Um ótimo 2013 pra ti tbm, cheio de prosperidade e realizações...q bom q gostou da sugestão, viu!

      Bjão!

      Excluir
  3. Não podia ter escolhido poeta melhor, eu sou louca por Vinicius de Moraes!!!

    Parabéns pelo post.
    Beijos
    Lara - Magia Literária

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lara!

      Obrigada pelo elogio, lindona...q bom q gostou! Postarei mais poeminhas bacanas por aqui, ok?

      Bjão!

      Excluir
  4. Ahhh. O Vini *-*
    os seus poemas sempre arrancam suspiros ou nos deixam a imaginar ele escrevendo cada linha de cada estrofe. As escolhas das palavras são sinceras, puras e encantadoras. Pena q ele morreu, como muito grande artistas morreram.
    Gosto do Vinicius, mas ninguém me separa dos poemas da minha kawaii Cecília Meireles. Ela é d+.
    Bom restinho de 2012 p/ vc Paula e p/ o Gui.
    E continue escrevendo assim, espetacularmente. Bjs e prometo não desaparecer de novo *-*

    http://peregrinodanoite.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bruniiiiinho,

      Aaaaaai, como vc já notou, eu, como eterna romântica, vivo suspirando pelos cantos graças aos poemas do nosso querido Vinicius... não me canso de ler, nunca, nunca, hehe...

      Bjão bem carinhoso pra vc, viu! ^^

      Excluir
  5. Nunca curti poemas pra ser sincera... Mas tenho que concordar.. O cara é O CARA. rsrsrs

    Bjokas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Flavinha!

      Ai, e eu amo poemas...e quem resiste ao Vinicius de Moraes, né? Hehe...bjão!

      Excluir
  6. tenho uma coleçao de poemas de vinicios de moraes, livros que ganhei na terceira série.kkk

    ResponderExcluir

Pessoal, vou respondendo os comentários no próprio blog de quem o deixou, ou pelo Twitter, podem ter certeza que vou respondendo assim que puder. Grande abraço e obrigado pela participação :D