sábado, 18 de janeiro de 2014

Minha Série Favorita- Love Hina

Galerinha...este post gostaria de dedicar ao meu amigo e parceiro do blog lindo Bruno Marques, que sei ser um mega fã de mangás e animes..então..Bruninho, este post é pra você e espero que goste :)  (à toas, não fiquem com ciúmes, hein...todos vocês moram no meu coração e cada um tem seu espacinho aqui...combinado? E claaaaro, esse post tbm foi feito com muito catinho pra vcs ;)

Olá à toas! Tudo bem com vocês, bonitinhos? Bom, por aqui continuo na correria, apesar do final de ano aí e do esperado recesso do trabalho também, haha, então vamos que vamos!

Faz tempo que não escrevemos nessa coluna, né? Então, para tirar a poeira desta nossa tão amada coluninha, vamos lá: bom, faz um boooom tempo que não via esse anime e claro, fui relembrar por estes dias. O resultado: me apaixonei novamente! rs

Quem aí conhece Keitarô, Narusegawa e toda a galerinha de Love Hina?




Sobre a Trama

Love Hina conta a história de Keitarô Urashima, um rapaz de 20 anos de idade que já foi reprovado duas vezes na Universidade de Tóquio (Toudai). Keitarô é extremamente atrapalhado, não leva o menor jeito para garotas e mal sabe qual rumo sua vida tomará após a reprovação para a universidade. Porém, o garoto decide continuar tentando o vestibular por ter feito uma promessa a uma garota há 15 anos. A lenda dizia que "quando duas pessoas que se amam vão juntos para a Toudai, elas serão felizes para sempre". O problema é que como sua promessa foi feita há muito tempo, Keitarô não lembra nem ao menos do nome da garota!
Após ser expulso da casa pelos pais, o garoto busca abrigo na pensão de sua avó, mas descobre que ela se tornou um alojamento feminino. Entretanto, Keitarô consegue se tornar gerente, mediante muitas discussões, do local: a partir daí, são narradas as aventuras do rapaz com as moradoras, sempre numa atmosfera muito descontraída (como ele está numa pensão para meninas, quase sempre acaba flagrando alguma delas de toalha ou algo do tipo...nem preciso dizer o quanto ele fica vermelho, o quanto a garota fica brava e o quanto ele apanha, né? rs)
Por causa de suas notas baixas, Keitarô estuda com a "número um" do cursinho, Naru Narusegawa (com quem se envolve e que acredita ser a tal "garota da promessa de 15 anos atrás). Depois Mutsumi Otohime se junta a eles, estudando para os três passarem no vestibular. Forma-se um triângulo amoroso entre eles, prometendo muita ação e diversão para os episódios futuros.
Em meio a romances, muitas cenas de humor e com boas lições de vida (tais como nunca desistir de seus objetivos), Love Hina, pelo menos pra mim, é um dos animes que mais conseguiu me prender, e olha que ele nem conta com tantos eventos fantasiosos assim, rs...aliás, arrisco dizer que muita coisa que se passa na trama, rola por aqui também ^^



Personagens (principais e os que mais aparecem na trama)

Keitarô Urashima- protagonista da história. Ele pode ser descrito como um "perdedor", fracassando em quase tudo o que faz: tira notas baixas, repetiu várias vezes no vestibular e não tem vida amorosa, exceto por uma garota que conheceu aos cinco anos de idade. Há quinze anos ele brincava com uma garota, e os dois se amavam. Ela disse que quem se ama vai para a Toudai (Universidade de Tóquio) junto. Assim ele cresce com essa ideia fixa, entrar na universidade. Por não ter dinheiro e sofrer constantes fracassos, acaba sendo expulso de casa pelos pais e vai pedir abrigo na pensão de sua avó, só que descobre que o lugar virou um alojamento feminino. Ele acaba virando o kanrinin (gerente) e caindo em muitas confusões com as garotas. Seu grande amor é Naru Narusegawa, só que toda hora por alguma razão ele acaba fazendo algo errado, o que faz com que ele sempre apanhe das mulheres. Mais tarde pega gosto pelo trabalho de arqueologia, indo trabalhar com Seta em busca da civilização Tartaruga. O nome do personagem vem da antiga lenda japonesa do pescador Urashima Taro. Encerra a história no mangá casando-se com Naru Narusegawa.

Naru Narusegawa- é a principal personagem feminina da história. Ela é descrita como de forte personalidade, nervosa e irritada, por isso ela costuma agredir Keitarô quando este a apalpa ou a vê seminua (o que acontece com freqüência, geralmente de maneira acidental, sendo a piada mais recorrente da história). Mas à parte tanta agressividade ela é uma ótima pessoa, doce, romântica e carinhosa. Ela também é muito inteligente, tendo obtido o primeiro lugar no simuladão nacional do vestibular. Mesmo assim, ela não passa na Toudai em um primeiro momento. Teve um grande amor por Seta, quando esse era professor particular dela. Fisicamente, Naru parece-se muito com Mutsumi Otohime. E mais tarde na história revela seu amor por Keitarô, tanto que a série do mangá encerra-se com o casamento dos dois protagonistas.


Mutsumi Otohime: a protagonista feminina depois de Naru, é uma espécie de "versão feminina" de Keitarô, pois possui diversas similaridades para com ele: ambos têm a mesma idade, são avoados, propensos ao azar, distraídos, repetiram várias vezes o vestibular e têm seus nomes baseados em lendas japonesas (no caso dela, a lenda da Princesa Otohime). Apesar disso, Mutsumi, tal como Keitarô, é também otimista e persistente, principalmente no tocante ao vestibular da Toudai. Tem saúde frágil, o que faz com que ela desmaie muitas vezes - especula-se que ela sofre de anemia pelo fato de ter passado a maior parte da vida alimentando-se somente de melancias. Por causa disso ela vive com um testamento na bolsa. 

Shinobu Maehara: é uma menina meiga e prendada. Geralmente está fazendo uma tarefa doméstica ou cercada de bichos de pelúcia, destacando seu caráter inocente. Adora cozinhar, o que faz muito bem. Gosta muito do Keitarô, só que por ser tímida sempre se atrapalha na frente dele. Sua melhor amiga é Kaolla Su.

Motoko Aoyama: é a "menina forte" do grupo. Os golpes da Naru no Keitarô nem se comparam aos da Motoko. Ela é uma praticante de kendô, de grande disciplina e uma atitude quase masculina, ela sempre está carregando sua shinai (espada de bambu, típica da prática de kendô) para infelicidade de Keitarô. Um dia ela viu sua irmã beijar o seu marido. Desde então ela passou a odiar homens. Ela tem uma relação de ódio e amor por Keitaro. Ela não gosta dele porque não suporta presenças masculinas ao seu redor, mas apesar disso ela eventualmente desenvolve outros sentimentos mais profundos por ele. Mais tarde aprende a ser não apenas forte, como também mais amável feminina e muito estudiosa (por seu impoluto senso de ética e justiça, ela estuda Direito).

Kaolla Su : é uma garota engraçada, vinda do reino exótico de Moru Moru, no meio do Oceano Pacífico, onde é princesa. Ela adora bananas e é capaz de construir máquinas surpreendentes com alto poder de destruição. Seu quarto é uma mini-floresta. Adora pular em cima de Keitarô. Vive grudada em Motoko, e sempre que ela a sai se gruda em outro, normalmente Keitarô. Um de seus maiores sonhos é comer a Tama-chan, criando robôs tartarugas (Mecha Tama) para lutar contra ela.

Mitsune Konno também chamada de "Kitsune", é uma jovem freelancer (pessoa que vive de trabalhos temporários ou faz serviços autônomos) que age como uma espécie de fio condutor da história. Possui personalidade bastante "largada" e aparente descompromissada da vida. Gosta de embebedar-se em saquê e apostar em corridas de cavalos. Seu apelido é "kitsune" (raposa em japonês), o qual define muito bem a aparência, sempre de olhos fechados, e a personalidade sacana, fofoqueira, esperta e um tanto "oportunista" de sua dona.




Haruka Urashima: é a tia de Keitarô. Ela administra uma casa de chá e intermédia os conflitos entre os outros personagens. Uma grande paixão de seu passado é Seta, mas por causa de burradas dele ela vive batendo nele (parecem versões mais velhas de Keitarô e Naru). É muito forte, especialista em artes marciais e tiro ao alvo, e vive fumando cigarros. Odeia ser chamada de "tia" por Keitarô porque isso a faz sentir-se velha (costuma agredir quem faz isso, especialmente Seta ou Keitarô).

Noriyasu Seta: o desastrado professor de arqueologia da Universidade de Tóquio. Ele vira uma espécie de mentor e conselheiro para Keitarô. Geralmente está acompanhado de sua filha adotiva Sarah McDougal. Adora viajar e encontrar artefatos da antiga Civilização Tartaruga, contando sempre com a ajuda de Keitarô. Vive fumando, é um típico mau motorista, cabeça avoada e sem muita seriedade na vida, mas com um ótimo coração. 

Sarah McDougal: a mãe de Sarah, norte-americana, amava Seta e era rival de Haruka pelo amor dele. Ela morreu, e sua filha Sarah ficou sob os cuidados de Seta. Ela ama seu "pai", odiando quando ele a deixa na pensão. Adora jogar artefatos antigos na cabeça de Keitarô. Mais tarde aprende a gostar de todos da pensão (exceto ao Keitarô) e vira companheira de traquinagens de Kaolla e Shinobu.


Personagens (principais mascotes)

Tama: cujo nome completa é Onsen Tamago , é o mascote principal de Love Hina. É uma tartaruga aquática natural de Okinawa. Adora banhos de águas termais, come melancias, deflete lâminas de espadas, sabe voar e faz muitas outras coisas excepcionais que nenhum animal "normal" poderia fazer. Em compensação, vez ou outra, acaba sendo quase cozida viva por Kaolla, que sonha em comer um belo ensopado de tartaruga. Seu nome (tamago, que significa ovo em japonês) foi escolhido por leitores do mangá um concurso de nomes durante a época da veiculação do anime no Japão.

Big Tama: uma espécie de "versão adulta" da Tama-Chan. Não sabe voar e possui movimentação lenta.

Liddo : apesar de ser um mascote de pelúcia e não um animal vivo, é de grande importância no enredo, pois ele é uma espécie de conexão entre as infâncias de Keitarô, Naru e Mutsumi - ele é o protagonista do anime "Liddo e Sua Turma" (composto por ele e outros dois Liddos chamados "Doutor" e "Tapado"), o qual Keitarô, Mutsumi e Naru assistiam quando crianças, inclusive até cantando juntos a música-tema do desenho. Anos depois, descobre-se que o Liddo que estava no quarto de Naru era de Mutsumi, que o deu a ela como sinal de amizade.




Informações Adicionais


- Foram lançados diversos itens de Love Hina, inclusive jogos de videogame (começando por Love Hina no Engage Totsuzen Happening, fabricado em 2000 para o Dreamcast e finalizando com Love Hina Gojasu: Chiratto Happening, fabricado em 2003 para o Playstation 2);

- O final do anime é um pouco diferente do final do mangá: no primeiro, não é mostrado o casamento de Keitarô e Naru, mas dá-se a entender que os dois terminam juntos. Já no mangá, seu último volume apresenta o casamento dos dois;

- Love Hina contou com 26 volumes em sua primeira versão do mangá por aqui. Ele foi relançado há alguns meses, estando hoje na edição 6 (e, pelo que parece, contará com 16 volumes ao todo) pelo valor de R$14,90 cada exemplar;

- Em 2002, a empresa XEBEC lançou uma série de 3 OVAs (Love Hina Again) que concluiu a história não-terminada do anime. Eles seguem a história do mangá com pequenas diferenças a partir do episódio especial de primavera, e são concluídos por um CD com a narração do final da história. Este CD também inclui a trilha sonora do anime. Os OVAs introduzem também a personagem Kanako, irmã de Keitarô, que não havia aparecido até então;

- Foram lançados também dois episódios especiais: Um especial de Natal e um de Primavera. Dentro da cronologia da história, eles estão entre o último episódio e os OVAs. Uma curiosidade dos episódios especias é a presença do autor, Ken Akamatsu, fazendo uma "ponta".


Mais Imagens


Capa do mangá de número 01 da versão relançada (atual) de Love Hina:




Aqui temos a Tama, tartaruga-mascote da série:





E é isso aí galera! Bom sábado a vocês! Beijão bem carinhoso a cada um! ^^

OBS: créditos ao nosso querido amigo wikipedia, que me deu aqueeeela forcinha na descrição das personagens :)



Reações:

Um comentário:

  1. Oi Paula-chan :)
    Muito obrigado por essa dedicatória. Adoro esse anime e sempre que possível tento revê-lo. Ontem mesmo eu estava vendo um episódio deles. Acho que vc leu a minha mente. Rsrsrsrs...
    Creio que o anime se tornou especial para mim, pois o assisti na época que estava fazendo vestibular para faculdade no final do ensino médio. Me senti como o Keitaro na história. Rsrsrsr...
    Ainda bem que essa coluna foi atualizada aqui no blog. Amo animes e ver um post sobre eles sempre me anima e faz ferver o meu sangue.
    Que o blog continue lindo e com conteúdo ótimo (como sempre). Parabéns parceira. Bjs :*

    http://peregrinodanoite.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Pessoal, vou respondendo os comentários no próprio blog de quem o deixou, ou pelo Twitter, podem ter certeza que vou respondendo assim que puder. Grande abraço e obrigado pela participação :D