quarta-feira, 9 de abril de 2014

Veronika decide morrer - Paulo Coelho





Sinopse


"A loucura é a incapacidade de comunicar-se. Entre a loucura e a normalidade, que no fundo são a mesma coisa, existe um estado intermediário: chama-se ser diferente. E as pessoas estavam cada vez com mais medo de ser diferentes. No Japão, depois de ter pensado muito sobre a estatística que acabara de ler, me veio a ideia de escrever um livro sobre a minha própria experiência. Escrevi Veronika decide morrer na terceira pessoa, usando meu ego feminino, porque sabia que a minha experiência de internação não era o que interessava : Mas sim os riscos de ser diferente, e o horror de ser igual."


-


"Decidiu esquecer as cólicas, procurando concentrar-se na noite que caía com rapidez, nos bolivianos, nas pessoas que começavam a fechar suas lojas e sair. O barulho no ouvido tornava-se cada vez mais agudo, e - pela primeira vez desde que tomara os comprimidos - Veronika sentiu medo, um medo terrível do desconhecido. 
Mas foi rápido. Logo perdeu a consciência." Pág 17


-



Vontade de morrer. Medo de fracassar. Sentir que não é importante para ninguém. É com estes sentimentos que Veronika, nossa protagonista, inicia este livro. Com uma vontade insana de se matar e de dar um fim aos seus problemas, decide ingerir uma série de comprimidos controlados, a fim de desmaiar e nunca mais acordar. E Veronika consegue desmaiar. Mas não morre, de fato. E, pra piorar, acorda em um hospício de segurança máxima, distante de tudo e de todos. 

Em meio ao desespero que assola nossa protagonista, ela decide buscar informações com enfermeiros e com o médico-chefe do local, Dr. Igor (que está trabalhando arduamente numa pesquisa que visa entender os motivos que levam uma pessoa a ter depressão, crises e, em casos mais extremos, tentar o suicídio, assim como Veronika) e descobre que, mesmo tendo fracassado em seu objetivo de tirar sua própria vida, causou danos irreversíveis em seu coração, e que possui uma semana de vida.

A partir daí, Veronika começa uma jornada agoniante dentro do hospital, vivendo cada dia como uma sentença de morte, e pior: pensando que pode ter tomado a decisão errada em querer acabar com sua existência. 

Em meio a confusão dos dias que se seguem, ela conhece pessoas que conversarão com ela e lhe darão conselhos. A mais importante delas, Eduard, é um  esquizofrênico que não troca uma palavra com ela, mas que a envolve com seu jeito e Veronika considera até mesmo a hipótese de ter se apaixonado...

Mas e agora? Como viver sabendo que seus dias estão contados? Como Veronika  viverá seus últimos dias? "Veronika decide morrer" é, ao mesmo tempo, uma ficção surpreendente e um livro para auto- reflexão, que nos fará pensar nas escolhas que fazemos e como podemos aproveitar cada segundo de nossas vidas da melhor forma. 


Considerações Finais


Bom livro! Narração direta, em 3ª pessoa, com narrador onisciente, marcada por capítulos razoavelmente curtos e diálogos simples e bem acabados.

Serei sincera: sempre tive um pouco de preconceito de ler Paulo Coelho, apenas pelo fato de não gostar muito dos assuntos abordados por ele em seus livros. Mas, com "Veronika decide morrer" a coisa foi outra! Além da boa história, consegui enxergar um pouco além dos temas levantados por este autor. E digo mais: mesmo não sendo apaixonada por seus livros, lendo esta obra, consegui finalmente entender porque seus livros são tão comprados e porque são traduzidos em tantas outras línguas: porque nos fazem questionar sobre tudo o que está ao nosso redor e, sobretudo, questionar a nós mesmos.

Livro recomendado, à toas!



Título: Veronika decide morrer
Subtítulo: -
ISBN: 9788575427958
Editora: Sextante
Ano: 2012
Páginas: 208



Reações:

5 comentários:

  1. Meu primeiro contato com o Paulo Coelho foi lendo esse livro, achei ele maravilhoso e a história muito diferente do que estou acostumada a ler. Ele foi adaptado, mas não gostei muito da adaptação, rs.
    http://exceptionss.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ainda bem que você deixou seu preconceito de lado e leu. Acho que já tem um 6 anos que li este livro. Lembro que inclusive fiz uma maratona de livros do PC, foi bem gostoso.
    Bjs Rose

    ResponderExcluir
  3. Já li alguns livros do autor e gostei de todos, acho que as pessoas exageram um pouco nas criticas a ele, a verdade é que o cara vende muito e se fosse mesmo muito ruim ninguém comprava. Tem filme deste livro, eu ainda não vi porque quero ler o livro antes.

    Beijo, Van - Blog do Balaio
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/2014/03/sorteio-uma-janela-no-tempo.html

    ResponderExcluir
  4. Adorei sua resenha Paula, sou louca pra ler algum livro de Paulo Coelho, quem sabe não seja este? ;DD
    Abração!!

    ResponderExcluir
  5. Confesso que nunca me senti atraída pelos livros do Paulo Coelho, com exceção a esse. Mesmo não curtindo tramas dramáticas demais ou depressivas demais, já ouvi muita gente falando bem do livro e aí não há curiosidade que aguente! Consegui ele pra baixar (http://portugues.free-ebooks.net/ebook/Veronika-Decide-Morrer para quem quiser também), mas não encontro mais livros dele neste site, alguma sugestão de onde baixar mais livros dele? Agora sim fiquei viciada! (:

    ResponderExcluir

Pessoal, vou respondendo os comentários no próprio blog de quem o deixou, ou pelo Twitter, podem ter certeza que vou respondendo assim que puder. Grande abraço e obrigado pela participação :D