sábado, 30 de junho de 2012

Para Sempre - Kim e Krickitt Carpenter




Sinopse
A vida que Kim e Krickitt Carpenter conheciam mudou completamente no dia 24 de novembro de 1993, dois meses após o seu casamento, quando a traseira do seu carro foi atingida por uma caminhonete que transitava em alta velocidade. Um ferimento sério na cabeça deixou Krickitt em coma por várias semanas. Quando finalmente despertou, parte da sua memória estava comprometida e ela não conseguia se lembrar de seu marido. Ela não fazia a menor ideia de quem ele era. Essencialmente, a "Krickitt" com quem Kim havia se casado morreu no acidente, e naquele momento ele precisava reconquistar a mulher que amava.

‘’ Ela queria conhecer meus medos e minhas dificuldades, e eu queria descobrir as mesmas coisas em relação a ela.
- A vida não é justa; é apenas a vida – disse ela, de maneira suave e confiante. – Todos têm momentos em que se sentem como se estivessem a deriva, abandonados mesmo... Mas não é verdade. Não para quem tem fé.’’
pág. 20

Começo falando que é simplesmente um dos melhores livros que eu li esse ano. Ponto. Kim Carpenter é um treinador de beisebol que mora na cidade de Novo México. Precisando de uniformes, ele liga para uma revenda em Anahein. Quem atende é Krickitt, uma funcionária muito atenciosa e prestativa. Logo Kim fica encantado pela moça e liga sempre pra ela. Os dois trocam telefones pessoais e logo começam a se falar todos os dias. A história se passa nos anos 90, no qual ainda não se tinha internet e e-mail, então a conta de Kim vinha realmente cara com telefonemas para Krickitt. Conforme iam conversando, Kim descobre que Krickitt é muito religiosa, e crê bastante em Deus e em Cristo, e quer que os dois andem juntos nessa fé. Depois de alguma tempo Krickitt vai conhecer Kim, e vice-versa e eles acabam se apaixonando e resolvem se casar. Tudo certo, depois do casamento, vivendo felizes e eles resolvem fazer uma viajem para a casa dos pais de Krickitt, e tudo o que estava maravilhoso, se tranforma em um terrível pesadelo quando eles sofrem um acidente. O estado de Krickitt é muito delicado e Kim não sabe o que fazer sem a esposa. Aqui a fé de Kim entra em ação, suplicando pela vida de sua amada esposa. Krickitt depois de um tempo melhora, mas não lembra que estava casada, e trata Kim como um estranho. Tudo se transforma na vida de Kim, que além de cuidar das despesas astronômicas com médico, vê seu casamento ir á ruínas.
Mas Kim não desiste, e mesmo Krickitt não se lembrando dele, Kim vê que terá que reconquistar o amor de Krickitt, quando admite que a mesma não vai mais se lembrar. O resto só lendo mesmo pra saber, não quero estragar.

Consideração Final:

A narrativa do livro é em primeira pessoa. Gostei demais do livro, é um exemplo de persistência e fé em Deus, fé no casamento, fé no amor. Kim faz de tudo para ter sua esposa, não desiste e realmente acredita que o casamento é para sempre. O livro tem prólogo, que não atrapalha a leitura. O fim é um pouco esperado mas mesmo assim emocionante. Não é um livro com final previsível de que tudo vai dar certo, existem ‘’pedras’’ no caminho para tudo ocorrer bem. Recomendo totalmente o livro, é muito bonito, e nos faz pensar na Fé e no poder que Deus exerce em nossas vidas. Mas não leia pensando em um romance lindo e cheio de amor, é mais uma história de vida mesmo.

O livro foi adaptado ao cinema, veja trailer abaixo:



Site Oficial: ---


CARPENTER, Kim e Krickitt. Para Sempre. Editora: Novo Conceito, Título original: The Vow . 144 páginas.

NOTA: 10,0
RECOMENDO: SIM




PS1: Pessoal participem da Promoção rolando no site para ganhar 2 livros.
PS2: Não como sei como estou escrevendo então se puderem comentar dizendo no que tenho que melhorar, ou criticar, me avisem por favor. 

Reações:

7 comentários:

  1. Nossa, agora me senti meio mal.rs Eu não gostei do livro. Não é assim que não tenha gostado um cadim, mas achei muito forçado tudo.
    Fiquei na expectativa, daí qdo fui ler, achei a narrativa arrastada, enrolada.
    E mesmo sendo um livro onde a força de vontade e a persistência prevalecem,não achei ali o amor de fato. Sei lá, me soou como se ele quisesse forçar ela a o amar.
    Não digo que não valha a pena ler, é mesmo questão de gosto né?
    Resenha sincera, isso é bom!!

    beijo

    ResponderExcluir
  2. Para ser bem sincera eu não gostei muito do livro, achei que faltou emoção e apesar do nome da Krickitt estar como co-autora, praticamente não temos as suas sensações sobre tudo o que aconteceu, só é narrado o lado dele da história é tudo muito centrado nele e ela não tem voz.
    É a segunda vez que entro no blog e não consegui seguir pelo GFC, a caixa não apareceu em nenhuma das duas vezes. Meu twitter é @mcrisaragao

    ResponderExcluir
  3. Hummmm... Me deu uma vontade de ler esse livro, mas vou ter que adiar. Não gosto muito de ler livros que tem a capa como a imagem do livro adaptada ao cinema. Bjs!!!

    http://peregrinodanoite.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. O livro é fofo, a história é linda... mas eu achei que faltou alguma coisa no livro!Eu não sei se eu fui com muita expectativa, só sei que eu esperava mais do livro, um pouco mais de detalhes sobre a história talvez! Eu acho que os detalhes são tão importantes para a construção da história na minha cabeça!!Mas o livro é muito legal sim!! E recomendo também.

    ResponderExcluir
  5. Nossa, quase chorei vendo o trailer do filme, e agora decidi que preciso ler o livro e assisti o filme urgentemente. Lembro quando fui ao cinema e vi que esse filme tava em cartaz mas não me interessei de ver logo, mas agora eu preciso. Amei!

    ResponderExcluir
  6. Me decepcionei com o livro, achei muito monótono e sem personalidade. Escrito bem? Claro! Mas em compensação, só a escrita é interessante, e o enredo, porém a falta de sentimentos com que as coisas são descritas, e a falta do romance em si, das características dos personagens (ainda que reais) me desapontou.

    ResponderExcluir

Pessoal, vou respondendo os comentários no próprio blog de quem o deixou, ou pelo Twitter, podem ter certeza que vou respondendo assim que puder. Grande abraço e obrigado pela participação :D